A Importância da Tecnologia na Educação

Por APDZ 25 de junho de 2019

A educação faz parte de nossas relações sociais e é um dos valores mais nobres que podemos oferecer para toda a juventude. 

Conhecimento, trata-se mais do que apenas informações organizadas, no mundo atual, conhecimento, é sinônimo de melhor relacionamento interpessoal, colocação profissional e como diria a máxima atribuída a Francis Bacon: Scientia potentia est (Conhecimento é poder).

Com o advento da tecnologia, e com isso, das gerações que já nascem imersas nesse mundo ágil, de informações a cada dia mais velozes, e de constante mudança e novas descobertas. Torna-se imprescindível uma reformulação nas abordagens educacionais e na forma de se pensar educação.

Neste intuito, pensando a educação para o mundo 4.0, onde a criança está familiarizada com as novas tecnologias, duas metodologias se destacam a Cultura Maker e a abordagem STEAM. 

Pensar a cultura Maker, é compreender um formato de educação, onde o aluno mais do que fazer tarefas com suas próprias mãos, passa a utilizar conhecimentos desenvolvidos fora do ambiente escolar, e suas experiências particulares, na solução de problemas propostos em sala. Trata-se da percepção deste aluno como protagonista do seu processo de aprendizado. Dentro da cultura Maker, podemos perceber traços do construtivismo de Jean Piaget e da metodologia Montessoriana da médica e pedagoga Maria Montessori.

Já a abordagem STEAM (Science, Technology, Engineering, Arts e Mathematics, ou em português, Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática), busca trabalhar as competências passadas em sala de aula de forma mais fluída.

É uma metodologia integrada e baseada em projetos, com o objetivo de formar pessoas com diversos conhecimentos, preparando os alunos para desafios futuros. Em resumo, tal abordagem, trabalha de forma transdisciplinar, tendo entrada em várias disciplinas que constam na grade curricular, desenvolvendo competências que foram, ou vão ser vistas, por esse aluno, de forma menos engessada.

Devemos destacar, que a educação tecnológica é recomendada pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), onde esta menciona e recomenda o uso da tecnologia para o desenvolvimento de habilidades e competências nos alunos, sendo indispensável na construção de grades curriculares e fundamental para a construção cognitiva das crianças e adolescentes que estão imersos nesta realidade.

Por fim, na atualidade não há mais formas de separar a sociedade da tecnologia, logo, através de direcionamento e estímulos variados, procuramos trazer para nossos alunos, uma nova abordagem educacional, e mesmo de uso da tecnologia disponível. Permitindo com que estes tenham contato com o que há de mais moderno em quesito educação, e um modelo de disciplina que é usual em diversos países do mundo.

Distribuição Exclusiva no Brasil

Distribuidor Brasil

Distribuidor Brasil